Pesquisar este blog

Carregando...

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

PLANEJAMENTO

Nos dias 08 e 09/02/2011 estiveram reunidos os Professores, Coordenadores e a Direção para o Planejameto 2011.
Por que planejar?

 IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESCOLAR

O trabalho docente é uma atividade consciente e sistemática, em cujo centro está a aprendizagem ou o estudo dos alunos sob a direção do professor.
O planejamento é um processo de racionalização, organização e coordenação da ação docente, articulando a atividade escolar e a problemática do contexto social.  A escola, os professores e os alunos são integrantes da dinâmica das relações sociais; tudo o que acontece no meio escolar está atravessado por influências econômicas, políticas e culturais que caracterizam a sociedade de classes. Isso significa que os elementos do planejamento escolar – objetivos, conteúdos, métodos – estão recheados de implicações sociais, têm um significado genuinamente político. Por essa razão, o planejamento é uma atividade de reflexão acerca das nossas opções e ações; se não pensarmos detidamente sobre o ruma que devemos dar ano nosso trabalho, ficaremos entregues aos rumos estabelecidos pelos interesses dominantes na sociedade. A ação de planejar é uma atividade consciente de previsão das ações docentes, fundamentadas em opções político-pedagógicas, e tendo como referência permanente situações didáticas concretas (isto é, a problemática social, econômica, política e cultural que envolve a escola, os professores, os alunos, os pais, a comunidade, que interagem no processo de ensino).
O planejamento escolar tem, assim, as seguintes funções:
·         Explicitar princípios, diretrizes e procedimentos de trabalho docente que assegurem a articulação entre as tarefas da escola e as exigências do contexto social e do processo de participação democrática.
·         Expressar os vínculos entre o posicionamento filosófico, político-pedagógico e profissional, as ações efetivas que o professor irá realizar em sala de aula, através de objetivos, conteúdos, métodos e formas organizativas de ensino.
·         Assegurar a racionalização, organização e coordenação do trabalho docente, de modo que a previsão das ações docentes possibilite ao professor a realização de um ensino de qualidade e evite a improvisação e rotina.
·         Prever objetivos, conteúdos e métodos a partir da consideração das exigências propostas pela realidade social, do nível de preparo e das condições sócio-culturais e individuais dos alunos.
·         Assegurar a unidade e a coerência do trabalho docente, uma vez que torna possível inter-relacionar, num plano, os elementos que compõem o processo de ensino: os objetivos (para que ensinar), os conteúdos (o que ensinar), os alunos e suas possibilidades (a quem ensinar), os métodos e técnicas (como ensinar) e a avaliação, que está intimamente relacionada aos demais.
·         Atualizar o conteúdo do plano sempre que é revisto, aperfeiçoando-o em relação aos progressos feitos no campo de conhecimentos, adequando-os às condições de aprendizagem dos alunos, aos métodos, técnicas e recursos de ensino que vão sendo incorporados na experiência cotidiana.
·         Facilitar a preparação das aulas: selecionar o material didático em tempo hábil, saber que tarefas professor e alunos devem executar, replanejar o trabalho frente a novas situações que aparecem no decorrer das aulas.
Para que os planos sejam efetivamente instrumentos para a ação, devem ser como um guia de orientação de devem apresentar ordem seqüencial, objetividade, coerência, flexibilidade.
Organizado por Prof. Rosângela Menta Mello
CEWK – Curso de Formação de Docentes
estagiocewk.pbworks.com/f/PLANEJAMENTO+ESCOLAR.doc
Abertura dos trabalhos com a Diretora Sandra.

A Diretora Sandra mostrou os índices de reprovação e evasão da Escola e falou da necessidade de diversificar as aulas para torná-las mais atrativas para os alunos, ressaltando a importância do trabalho com projetos motivadores para o sucesso do processo ensino/aprendizagem.

Aprensentou os Projetos que a Escola já tem, como o Projeto em parceria com a UNESP de Botucatu de Responsabilidade do Professor Doutor 
Raoul Henry - Projeto Diagnóstico da Qualidade da água de um Rio. Uma Proposta Para Ribeirão Grande e insentivou nossos professores para a elaboração e execução na Escola de outros projetos.
,

Visita ao Laboratório da Escola - conhecendo nossos recursos e projetos, como o material para desenvolvimento do Projeto em parceria com a UNESP de Botucatu. 

Visita das PCOPs Cristina de Lima Cardoso Leme e Gizely Therezinha Ramos Pinto 

As PCOPs participaram de uma de nossas plenárias. O assunto "O que fazer com alunos de baixo rendimento escolar?"
Estiveram
A Professora Cristina falou muito bem sobre o Currículo Oficial do Estado de São Paulo e a Professora Gezely ressaltou a importância de criação vinculos afetivos entre professor/aluno para solução de problemas de aprendizagem e disciplina.


Agradecemos a participação de toda a Equipe Escolar no Planejamento 2011 e das PCOPs.

Coordenação Pedagógica 2011- Professor Ângelo: Ensino Fundamental e Professora Rosa: Ensino Médio 

Um comentário:

Kiki disse...

Parabéns a toda equipe! Vocês são exemplares!
Bjss, Kiki